Passarinhos ganharam na guerra entre PCC e SC-RN

A guerra entre o PCC e o Sindicado do Crime do RN segue matando e os integrantes do Primeiro Comando da Capital se reuniram em uma casa no bairro Vilar em Macaíba no Rio Grande do Norte.

Gilberto, Josivanio, Edson e Joyce estão na casa para preparar novos ataques e ficando juntos se protegerem dos inimigos, mas a polícia invade a casa, apesar de não encontrarem armas ou drogas no local encontram um Bicudo e um Papa-Capim.

Agora a Justiça negou o recurso onde os acusados pediam liberdade pela invasão da casa ter sido feita sem autorização judicial apenas por uma denúncia anônima e também pelo prazo de prisão provisória já ter expirado.

No entanto, o recurso foi negado pelo Ministro Sebastião Reis Júnior sob a alegação de que a polícia invadiu a casa depois da denúncia anônima, mas a casa já estava sendo alvo de investigação, o prazo da prisão provisória realmente tinha vencido, mas isso não pode ser dado um jeito, e afinal, os passarinhos realmente estavam lá em cativeiro ilegal! — Superior Tribunal de Justiça

Autor: Wagner Rizzi

O problema do mundo online, porém, é que aqui, assim como ninguém sabe que você é um cachorro, não dá para sacar se a pessoa do outro lado é do PCC. Na rede, quase nada do que parece, é. Uma senhorinha indefesa pode ser combatente de scammers; seu fã no Facebook pode ser um robô; e, como é o caso da página em questão, um aparente editor de site de facção pode se tratar de Rícard Wagner Rizzi... (site motherboard.vice.com)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: