São Paulo — PCC 1533 SP

As principais notícias sobre a facção paulista no estado de São Paulo.

29 de julho de 2019

UOL Notícias — Rio de Janeiro — São Paulo
A garota seria a ligação entre o Primeiro Comando da Capital e o Comando Vermelho levando só esse ano para a Comunidade do Lixão uns 150 kg de pasta base.

28 de julho de 2019

Correio Independente — São Paulo, Paraná, Pernambuco, Tocantins e Mato Grosso do Sul
Mais de 100 policiais atuaram simultaneamente em cinco estados a Operação Protocolo Fantasma que prendeu o integrante do PCC ponteiro (responsável pela distribuição das armas para os outros estados).

24 de julho de 2019

Imagem de uma carta de um preso tendo ao fundo uma foto da operação castelinho.
Operação Castelinho, um abate de pessoas planejado

O cagueta de PCCs agora está tomando pau de aspens
Josmar Jozino → Ponte Jornalismo
→ São Paulo
→ Violência Policial

Todo inferno é pouco para cagueta, mas esse aí terá um lugar especial no inferno. Marcos Massari foi um dos caras que em 2002 levaram os PCCs para uma cilada que levou a morte de doze PCCs e foi um dos estopins que causaram em 2006 os ataques matou pelo menos 50 agentes públicos, que por sua vez chacinaram 500 civis.

Agora o coitado do aliado da Rota está apanhando dos Agentes Penitenciários (ASPEN), Oh! Coitado!

23 de julho de 2019

Imagem de ônibus pegando fogo sob o título "PCC ataca em Poá, vingança ou disputa de mercado?"
Facção PCC ataca ônibus em Poá

Vingança ou disputa pelo transporte clandestino?
José Maria Tomazela → Estadão
→ São Paulo
→ Guerrilha urbana

Invadiram o ônibus quando parou no ponto. Levaram para a quebrada. Colocaram gasolina e querosene no veículo e no motorista, que começou a correr e só parou quilômetros depois…

O que os garotos da facção queriam? Existem duas hipóteses para terem colocado fogo no ônibus em Poá: estariam vingando a morte de um aliado deles na manhã daquele dia ou então essa ação faz parte de um movimento para o domínio do transporte clandestino no município.

22 de julho de 2019

´Fotomontagem com o dinheiro apreendido pela Operação Jiboia e os garotos do tráfico
A realidade é outra da ponte para cá: o conceito de trabalho e dignidade

Biqueira ISO 9000 e seus “colaboradores”
Ricard Wagner Rizzi → faccaopcc1533primeirocomandodacapital.org
→ São Paulo
→ Métodos, usos e costumes

Pesquisadoras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul afirmam que os garotos do tráfico se consideram trabalhadores, mas como é isso na vida real? Mas como é isso no dia à dia de um traficante?

20 de julho de 2019

Cópia de um trecho do processo no qual os movimentos sociais de ocupação urbana estariam vinculadas à facção PCC..

MP acusa movimentos sociais de associação à facção PCC
Arthur Stabile, Maria Teresa Cruz e Paloma Vasconcelos → Ponte Jornalismo
→ São Paulo
→ Movimentos Sociais

Líderes das ocupações do centro de São Paulo foram denunciados pelo Promotoria de Justiça Cassio Roberto Conserino entre outras coisas de envolvimento com a facção Primeiro Comando da Capital que atuaria na segurança dos locais e garantiam as manutenção das lideranças nas eleições.

4 de março de 2019

Arte sobre foto com policial em frente a equipamento de mineração de bitcoins apreendido sob o texto: "a polícia afirma - criptonotícias duvida".
Polícia paulista apreende mineradora de bitcoins

Líder do PCC no Alagoas é preso em Pedro Juan Caballero
CriptoNoticias → Genny Diaz
→ São Paulo
→ Lavagem de dinheiro

Alguém falou para para a polícia que o Primeiro Comando da Capital estaria lavando dinheiro através da mineração de bitcoins em equipamentos instalados em uma casa…

A polícia foi lá e encontrou os tais equipamentos e ficou bonito na foto e nas manchetes dos jornais:

“O crime migrou, ele sofisticou. É um crime bem organizado, bem complexo. Na verdade ele transformou o dinheiro ilícito de tráficos e roubos em bitcoin.”

cb PM Samuel

Só que talvez não seja bem assim, alguns detalhes colocam em dúvida esse sofisticado sistema de lavagem de dinheiro atribuído ao Primeiro Comando da Capital:

  • o local não teria energia suficiente para alimentar os 20 equipamentos apreendidos;
  • se funcionando, conforme estavam na foto apresentada pela polícia, eles se queimariam pelo calor gerado; e
  • o modelo do equipamento (Whatsminers M3) está obsoleto e não presta mais para essa finalidade.

“Os policiais teriam declarado que “eles (os criminosos) injetam o dinheiro na máquina, compram o Bitcoin e o armazenam”. Esta declaração deixaria em evidência a ignorância de como funciona um equipamento de mineração, que não recebe contas como um caixa eletrônico faria.”

Genny Diaz

20 de fevereiro de 2019

arte sobre foto do promotor de Justiça Lincoln Gakiya e o Leviatã tendo ao fundo a batalha entre o bem e o mal., abaixo do texto "cotada a cabeça da Hidra de Lerna".
PCC fica sem liderança após transferência de líderes

Como fica a liderança do PCC e haverá retaliação?
BBC News – Leandro Machado e Luíza Franco
→ São Paulo
→ Sistema Prisional — Organização Criminosa — Segurança Pública

Após a transferência dos líderes da facção Primeiro Comando da Capital os integrantes da facção nas ruas e dentro dos presídios não conseguiram executar os ataques que estavam previstos.

A ação rápida e articulada das autoridades federais e estaduais de diversos estados que mobilizou dezenas milhares policiais, militares, agentes penitenciários e membros da Justiça e das Promotorias, impediu que algum “salve” pudesse ser distribuído.

Não é a primeira vez que o promotor de Justiça Lincoln Gakiya vem a público para anunciar que cortou a cabeça da Hidra de Lerna, deixando a facção sem liderança, mas dessa vez, houve uma vitória inegável.

Lincoln em outras palavras disse que seguirá o conselho de Sérgio Moro e vai seguir a trilha do dinheiro, tal qual aquele fazia quando estava em Curitiba e diferentemente do que faz hoje, quando se cala quando o governo tenta encobrir as pistas deixadas (apenas por parentes de políticos).

Apesar de não descartar ainda uma nova onda de ataques como houve em 2006, ele afirma que a ação precisa das forças oficiais quebraram a cadeia de comando da facção paulista impedindo uma resposta.

O sucesso da operação de neutralização da resposta foi possível por que ao mesmo tempo em que se transferiam os líderes da facção todos os principais presídios sofriam intervenção com transferência de lideranças do segundo escalão.

Segundo o promotor paulista, faz tempo que a liderança de Marcola e seu grupo já é contestado por membros da facção que estão em liberdade, mas não nunca tiveram força para se contrapor a hierarquia da Família 1533.

Agora, no entanto, o caminho está aberto, e esses grupos devem colocar as mangas de fora e reivindicar a liderança da facção ou talvez se desvinculem do grupo criando estruturas paralelas.

O Primeiro Comando da Capital ainda não era uma organização mafiosa pois não sabia como fazer a lavagem de seu dinheiro, mas caminhava para chegar a esse nível, tornando-se assim, possivelmente um cartel internacional.

Se o governo tem que, segundo ele, diminuir a população carcerária ou aumentar o número de vagas para assim retomar o controle do Sistema Prisional que hoje é uma porta de entrada para o crime organizado.

No entanto, as ações do poder público e do próprio promotor de Justiça podem ter em um primeiro momento um efeito colateral…

A liderança enfraquecida terá que disputar o poder dentro das muralhas e fora das muralhas, e de lá essa guerra vai se espalhar para o restante do país, com milhares de pequenas lideranças sem estrutura aterrorizando bairros periféricos, que hoje já estão pacificados, e várias regiões seguirão o destino dos morros cariocas, com grupos de milicianos disputando o tráfico.

… aí vai do sucesso real da eliminação da cadeia de comando da facção PCC, como no passado Gakyia já disse que havia vencido, mas não venceu, agora vai de torcermos para que ele realmente tenha tido sucesso, ou não.

13 de fevereiro de 2019

Marcola algemado sendo transferido e a frase "o fim da pacificação".
A transferência de Marcola e o fim da pacificação

Marcola é transferido para um presídio federal
site Facção PCC 1533 Primeiro Comando da Capital . org
→ São Paulo
→ Sistema Prisional — Organização Criminosa — Segurança Pública

Transferir Marcola para um presídio federal é uma aposta do governador João Dória que tem poucas chances de não lhe ser vantajosa politicamente, se houver reação por parte dos facciosos ele ganhará com o aumento do medo da população que reforçará sua estratégia de combate rígido às organizações criminosas, por outro lado, se não houver uma reação dos criminosos, ele terá demonstrado que venceu a facção criminosa ao enfrentá-la de frente, o que os seus antecessores não tiveram coragem ou falta de senso de fazer.

Eu não consigo entender como que o Estado tem a “cara de pau” de se vangloriar com essas transferências, nos tentando induzir a erro fazendo-nos acreditar que isso nunca teria acontecido na vida de membros do PCC e que essas transferências seriam capazes de surtir algum grande efeito. Se o leitor verificar com atenção as datas verificará que os mesmos ficaram distantes anos do Estado de SP e que na verdade isso só lhes trouxe mais poder junto aos presos e a própria organização.

penitenciarista Diorgeres de Assis Victorio
Arte com o rosto do repórter Rogério Pagnan e do criminoso Marcola do PCC
Rogério Pagnan e Marco Willians Herbas Camacho

Do “Marco Cheira de Cola” ao “Marcola do PCC”
Folha de São Paulo → Rogério Pagnan
→ São Paulo
→ Organização Criminosa

Marcola começou como garoto zica na região do Cambuci no centro de São Paulo, onde batia carteiras para cheirar cola, daí seu apelido de “Marco Cheira Cola”. Passou quase toda a sua vida dentro do Sistema Penal brasileiro: quando menor de idade na antiga FEBEM e quando maior por vários presídios estaduais, até ser agora transferido para um presídio federal.

Apesar de não estar no time de futebol que deu origem a facção e ter tido uma participação pífia naquele momento histórico, ele era amigo de sangue de Cesinha, um dos pais fundadores da facção e integrante da agremiação futebolística, de onde se conclui que tenha sido um dos elaboradores do núcleo inicial.

Pessoas que tiveram contato com Marcola o descrevem como carismático e inteligente, alguém que leu vorazmente, no cárcere, “A Arte da Guerra”, do filósofo chinês Sun Tzu, e obras do poeta italiano Dante Alighieri. Não costuma falar palavrão e é considerado vaidoso —por isso também tem o apelido de Playboy e Bonitão.

Rogério Pagnan

5 de fevereiro de 2019

Foto com base da Força Tática e o texto "PM menos violenta, PCC muda comportamento de PMs".
PM Força Tática apoia PCC nas quebradas

53 PMs presos por trabalhar com PCC
R7 São Paulo → Kaiaque Dalapola
→ São Paulo
→ Corrupção Policial

O MP-SP após receber uma denúncia de que os integrantes da Força Tática do 22º Batalhão estaria trabalhando com o Primeiro Comando da Capital na proteção das biqueiras e pacificação do bairro começou uma investigação.

Até aí sem novidade, o esperado aconteceu: 53 policiais foram presos por participar do esquema. O que surpreendeu na reportagem de Kaiaque Dalapola (sempre esse cara me surpreende) foi mostrar que o bairro ficou mais pacífico, a polícia menos violenta e mais eficaz no combate ao crime após o acordo feito com a facção PCC 1533.

“Em relação à segurança está a mesma coisa, mas em relação ao tratamento da polícia com a população eles [PMs] estão um pouco mais atentos, não estão maltratando as pessoas. Eu não ouvi mais relatos de violência contra a população.”

Zilda Paiva

25 de janeiro de 2019

bilhete apreendido contendo informações sobre a morte de autoridades
Autoridade ameaçadas pelo PCC 1533

“Esse cara está duvidando da nossa força, mata ele”
Rádio Bandeirantes → Redação
→ São Paulo


→ Combate à facção

Em determinado pondo do bilhete é narrado que já ouve uma tentativa frustrada de matar promotor de Justiça Lincoln Gakiya:

“… o promotor japonês continua a mesma fita. Ele tá dando uma sorte danada, fiquei sabendo que vocês quase pegaram ele no trânsito, mas é isso mesmo meus parceiros, só tenho a agradecer a atenção que vocês estão dando, arriscando a vida de vocês pela nossa luta e nossa causa”.

Outras autoridades citadas na carta são:

  • Roberto Medina – coordenador dos presídios da região Oeste
  • Fernando Negrão – diretor-geral do P2 do Presídio de Presidente Venceslau
  • Maurício Moreira Souza – diretor de Segurança e Disciplina da P1 de Presidente Venceslau

24 de janeiro de 2019

Policiais civis comemoram o resultado da operação transpônder em frente a delegacia.
Polícia Civil cumpre dezenas de mandados de busca e prisão

Operação Transponder cumpre dezenas de mandados
G1 São Paulo → Redação
→ São Paulo
→ Combate à facção

Centenas de policiais civis agindo simultaneamente em dezenas de municípios paulistas cumpriram mandados de busca e prisão após uma investigação baseada em cartas trocada por presos de Presidente Prudente.

As investigações mostraram que o comando das operações transnacionais do Primeiro Comando da Capital estavam sendo feitas a partir de presos da Penitenciária Ozias Lúcio dos Santos, em Pacaembu.

Os policiais atuaram em Andradina, Aparecida, Carapicuíba, Caiuá, Guarulhos, Flórida Paulista, Irapuru, Junqueirópolis, Martinópolis, Mirassol; Mongaguá, Pacaembu, Presidente Bernardes, Presidente Epitácio, Presidente Prudente, Presidente Venceslau, São José do Rio Preto, São Paulo, Sorocaba, Taboão da Serra e Teodoro Sampaio.

16 de janeiro de 2019

Polícia chega com prisioneiro que mostra a língua para o repórter
O PCC Jefte Ferreira dos Santos preso pela morte de Gegê do Mangue

Jefte Ferreira do Santos e a emboscada de Gegê
G1 São Paulo → Bruno Tavares e Isabela Leite
→ São Paulo
→ Organização Criminosa

A polícia federal afirma que Jefte e a mãe dele garantiram a hospedagem dos assassinos de Rogério Jeremias dos Santos, o Gegê do Mangue, e de Fabiano Alves de Souza, o Paca. Ele foi preso em Itanhaém e fez figura para as câmeras dos repórteres quando chegou na delegacia de polícia.

11 de janeiro de 2019

Tríplice fronteira PCC CV Hezbollah

Explicando em detalhes o tráfico internacional da Tríplice Fronteira
hoy.com → Infobae
→ Paraguai – Colômbia –Bolívia – Peru – São Paulo
→ Crimes Transnacionais

“Não há relação, como se diz, entre o Hezbollah e o cartel brasileiro do PCC. Não há relação entre o Hezbollah e o crime organizado aqui. Eles nunca apresentaram uma única prova de tudo isso “, diz Fahd Jamil Georges.

O jornalista Galeb Moussa também afirma que é difícil acreditar que o Hezbollah tenha ligação com o tráfico e as facções criminosas, pela natureza do movimento religioso radical, que preza acima de tudo a ética.

“Só pensando que eles podem aceitar dinheiro que vem do ilegal, como eles também os acusaram com a questão do tráfico de drogas e todo esse tipo de problemas, eu percebo imediatamente que é uma mentira, porque eles cuidam do extremo o que é legal em todos os sentidos, desde comida lícita a dinheiro lícito até ações legais, eles têm uma ética moral, tanto militar quanto pessoalmente, impecável.”

No entanto, a reportagem da Infobae traça um histórico do envolvimento das facções brasileiras nos crimes transnacionais a partir do Paraguai e os depoimentos de autoridades que apontam no efetivo envolvimento do PCC com o grupo criminoso Hezbollah e a distribuição de drogas pela Europa e Ásia.

8 de janeiro de 2019

Eric Gorão e Granada PCC

Condenados a 30 anos de prisão líderes da facção
Estadão → Fausto Macedo
→ São Paulo
→ Justiça

Mais uma condenação conseguida pela Operação Ethos que desarticulou o departamento jurídico do Primeiro Comando da Capital, a sintonia dos gravatas.

Antonio José Muller Júnior (Granada) e Eric Oliveira Farias (Eric Gordão) foram condenados a 30 anos de reclusão.

“… junto com outros acusados que estão reclusos no sistema prisional, estava inserido no mesmo conjunto de tabelas onde estavam os advogados que prestavam valiosos serviços à célula jurídica, conforme já reconhecido em sentenças relacionadas a outros processos desmembrados que derivam do mesmo processo principal, restando nítido que fazia parte daqueles líderes da facção que mesmo de dentro do presídio comandavam a célula jurídica. […] Estenderam tentáculos para o seio do Poder Público, agredindo valores substanciosos e caríssimos a toda sociedade brasileira, adentrando em organismos e entidades vocacionadas para a proteção dos direitos fundamentais da pessoa humana.”

1 de janeiro de 2019

O discurso do governador João Dória

As promessas de João Dória para o Sistema Carcerário
→ UOL Notícias→Luís Adorno
→ São Paulo
→ Sistema Prisional

“Nossos parlamentares federais estão engajados na redução da maioridade penal de 18 para 16 anos e no projeto que põe fim à saidinha das prisões. Bandido tem que cumprir pena na cadeia.”

Entre outras coisas o novo governador do estado de São Paulo promete deixar os líderes do Primeiro Comando da Capital isolados pelo período de um ano e acabar com as saidinhas e outros benefícios carcerários.

O G1 conta o que o governador pode fazer, o que está fora de seu limite legal e o que já está sendo feito.

24 de dezembro de 2018

Contabilidade do PCC na calcinha

Mulher é presa com contabilidade do PCC na calcinha
→ Folha de S.Paulo → Redação
→ São Paulo
→ Sistema Carcerário

Dessa vez foi na Penitenciária de Getulina…

Um domingo de visita como outro qualquer, mas a agente desconfiou que tinha alguma coisa de errado aquele volume na calcinha daquela senhora que estava indo visitar o filho preso.

Na minuciosa se descobriu que a calcinha estava forrada de estratos bancários e recibos de depósitos e na parte interna da calça-legging estava toda escrita em código.

20 de dezembro de 2018

A facção paulista PCC e a máfia italiana Ndrangheta

A Ndrangheta e o Primeiro Comando da Capital
→ UOL → Cecilia Anesi, Giulio Rubino e Luís Adorno
→ Bahia – Rio de Janeiro – Santa Catarina – São Paulo
→ Bélgica – Bolívia – Espanha – Países Baixos – Paraguai – Portugal
→ Crimes Transnacionais

Essa fantástica reportagem da UOL desvenda os caminhos das drogas desde as florestas bolivianas e paraguaias, passando pelas estradas e portos brasileiros até o desembarque nos portos europeus.

Com a prisão de 90 integrantes da máfia italiana passou a ser conhecido em detalhes a participação da facção Primeiro Comando da Capital no mecanismo de importação de cocaína para o mercado europeu.

Embarcam nos portos brasileiros de Santos (São Paulo), Salvador (Bahia), Itajaí (Santa Catarina) e o do Rio de Janeiro algo em torno de uma tonelada de cocaína por ano que desembarcam nos portos de Róterdam (Países Baixos) e de Antuérpia (Bélgica), além de outros em Portugal, na Espanha e na África.

A operação conjunta entre as polícias da Itália, Alemanha, Bélgica e Países Baixos que trabalharam sob a coordenação da Eurojust.

19 de dezembro de 2018

Assassino da facção PCC 1533

Matador do PCC é preso em operação do GAECO
→ G1 → Presidente Prudente
→ Pernambuco – São Paulo
→ Combate à facção

AECO de São Paulo, em mais um desdobramento da Operação Echelon, que se baseia nos manuscritos que foram pescados no esgoto da P2 (Presídio de Presidente Venceslau), prendeu em Caruaru no agreste pernambucano Renato Carvalho de Azevedo.

Renato era “o cara” entre os matadores da facção. A polícia atribui à ele algo em torno de 200 homicídios. Com ele foram encontradas pistola, 82 munições, drogas, motos e veículos.

A Operação Echelon já capturou 63 integrantes da facção criminosa e seus desdobramentos identificaram criminosos em 14 estados brasileiros.

18 de dezembro de 2018

53 presos em um único batalhão

Avança a investigação sobre a morte da PMf em Paraisópolis
→ UOL → Luís Adorno e Nathan Lopes
→ São Paulo
→ Corrupção Policial

A fronteira entre o céu e o inferno é muito mais tênue que as ingênuas almas imaginam. Ao contrário daquilo  que é mostrado nos programas policiais televisivos, que nada mais são que circo para o deleite de romanos ávidos por sangue e aplicação de justiça fácil, criminosos e policiais vivem em um mundo muito próximo.

A denominada “Operação Ubirajara” prendeu 54 policiais militares por envolvimento com o crime organizado é apenas a ponta do iceberg que dificilmente será apurado.

Se o promotor público Lincoln Gakiya imagina que corre perigo por ser um dos cinco da lista negra do PCC, ele não faz ideia do que é realmente correr risco de vida.

Os 54 policiais pertenciam a apenas um dos 125 batalhões espalhados no estado de São Paulo e terão carta branca, a partir de 2019 para agir com força total contra a criminalidade. Foi assim que começou no Rio de Janeiro e agora estamos seguindo o mesmo  caminho.

Para a prisão dos policiais foi necessária a presença de  promotores de Justiça e 450 policiais militares, sendo 280 corregedores e outros 170 do 2º Batalhão do Choque.

“A operação de terça-feira em um dos estados mais seguros do Brasil ressaltou a complexidade da situação de segurança do país, com policiais mal remunerados e treinados para denunciar grupos de traficantes sobre invasões, ou membros ativos de milícias paramilitares que combatem as gangues do narcotráfico.”

The New York Times
O enterro da PMf Juliane dos Santos Duarte

Avança a investigação da morte da PMf em Paraisópolis
→ R7 → Kaique Dalapola
→ São Paulo
→ Combate à facção

Mais oito integrantes do Primeiro Comando da Capital estão envolvidos na morte da policial militar Juliane dos Santos Duarte em Paraisópolis, na Zona Sul de São Paulo:

  • Um deles ainda não teve sua identidade descoberta
  • Alan Santos dos Prazeres que foi morto em um assalto
  • Tufão
  • Boy
  • Tom
  • Pururuca
  • Zona  Sul ou Da Sul
  • Pânico

Com a divulgação dessa nova etapa, chega onze os criminosos que teriam participado do homicídio. O novelo foi puxado graças às informações conseguidas grampo das conversas privadas e em grupos de WhatsApp do irmão Sem Fronteira.

A Promotoria Pública também está investigando a participação de integrantes da facção na invasão de casas de testemunhas protegidas que devem testemunhar no caso do assassinato da policial.

17 de dezembro de 2018

Um milhão de Reais em três bocas de fumo
G1 → Gabriel Prado
→ São Paulo
→ Tráfico – Crimes Transnacionais

O Primeiro Comando da Capital girava R$ 1 milhão por mês nas biqueiras da Vila Nova Cachoeirinha. Apenas três biqueiras eram suficientes para chegar a esse valor, pois além do varejo, os traficantes da região traziam a mercadoria diretamente do Paraguai.

A operação da Polícia Civil se deu na favela Boi Malhado, conseguiu capturar três membros da facção, e outros quatro se evadiram pela mata.

16 de dezembro de 2018

Autoridades marcadas para morrer pelo PCC 1533
→ Estadão → Marcelo Godoy
→ São Paulo
→ Sistema Prisional – Organização Criminosa

São cinco as autoridades paulistas caçadas pelos integrantes do Primeiro Comando da Capital:

  • Lourival Gomes – secretario da Segurança Pública (SAP)
  • Coronel Telhada – deputado estadual
  • Antônio Ferreira Pinto – ex-secretário de Segurança Pública
  • Lincoln Gakiya – promotor de Justiça
  • Roberto Medina – coordenador dos presídios da região oeste

A lista foi passada a imprensa pelo setor de inteligência do Ministério Público MP-SP (GAECO).

“Considerando a gravidade, levamos estes fatos ao conhecimento de vossa excelência, com a sugestão de que as autoridades nominadas sejam comunicadas”


Sebastião José Penna Filho Brasil e Amauri Silveira Filho

14 de dezembro de 2018

Plantando vento Dória garante que colherá a paz no estado
Folha de S.Paulo → Rogério Gentile e Rogério Pagnan
→ São Paulo
→ Combate à facção

São Paulo irá com tudo para cima do Primeiro Comando da Capital, garante o governador João Dória. Ele mesmo diz que vai para as mídias e acompanhará as ocorrências policiais de perto.

Além do trabalho de inteligência que hoje já é feito, garante que elevará ao nível máximo o enfrentamento à facção criminosa nas ruas e nas empresas que são usadas para lavar o dinheiro da facção.

O comando de ataque ficará por conta do general João Camilo Pires de Campos que estará a frente da Secretaria de Segurança Pública, que tem afinidade com aqueles que estarão a frente da Secretaria da Administração Penitenciária, as forças policiais militar e civil, as forças armadas e o Ministério Público.

A reportagem da Folha termina com um questionamento:

“Integrantes das forças de combate ao crime organizado dizem que Doria tem ignorado pontos fundamentais para esse enfrentamento. Não cita que há alta taxa de corrupção na Polícia Civil, que há a necessidade de recomposição salarial das polícias e que as leis de combate à lavagem de dinheiro precisam ser aprimoradas. Sem isso, acham que tudo pode acabar em pirotecnia.”

10 de dezembro de 2018

A prisão do deputado federal ligado à facção PCC 1533
→ Infonet → Cassia Santana
→ Folha de Folha de S.Paulo → André Caramante {reportagem de 2009}
→ São Paulo – Sergipe
→ Organização Criminosa

A Polícia Federal aponta irregularidades nas contas de campanha do deputado federal eleito José Valdevan de Jesus Santos, o Valdevan 90 do PSC de Sergipe. 

“[É o] primeiro caso de candidato eleito no Brasil, que tem nome vinculado à facção criminosa, que foi preso. Estamos falando do PCC, Primeiro Comando da Capital”.

delegado Antonio José Silva de Carvalho

Em 2009, segundo reportagem da Folha ele já estaria sendo investigado por suspeita de usar duas cooperativas de transporte coletivo de Taboão no estado de São Paulo para lavar dinheiro para a facção paulista.

O bilhete cifrado da facção PCC 1533 
→ Estadão → Marcelo Godoy
→ R7 → Fabíola Perez e Kaique Dalapola
→ São Paulo
→ Organização Criminosa

Maria Eliane de Oliveira e Alessandra Crisina Vieira eram quem levavam os bilhetes. Elas visitavam um preso que divide com Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola. A mensagem, segundo a polícia, determinava a morte do promotor de Justiça Lincoln Gakiya e do coordenador dos presídios Roberto Medina. A equipe de execução seriam os integrantes da 
“Sintonia Restrita” da facção.

Veja abaixo o atual alfabeto do PCC, utilizado em cartas recentes:

A – 9C
B – X1
C – 854
D – P2
E – CK
F – M5
G – 723
H – 8A
I – XT
J – 148
L – K9
M – V8
N – W2
O – A3
P – B5
Q – D2
R – 659
S – 4M
T – G3
U – HN
V – F7
W – OP
X – NT
Z – 491

5 de novembro de 2018

armamento militar para a ROTA

Agora a ROTA pode derrubar avião
DefesaNet → Redação
→ São Paulo
→ Combate ao Crime Organizado

Homens da Rota (Tropa de Elite da Polícia Militar de São Paulo) têm sido treinados pelo Exército com armas que derrubam até avião. O objetivo da Segurança Pública do estado é impedir ações de criminosos em eventuais tentativas de resgates de membros da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).

Um treinamento com fuzis .50 ocorreu recentemente, em Presidente Venceslau, no interior paulista, onde estão os principais líderes da facção criminosa. Equipes da Rota estão na cidade há um mês; a medida foi tomada após suspeitas sobre um plano de resgate de Marco Williams Herbas Camacho, o Marcola, número 1 do PCC.

O Comando da PM confirma que o exército brasileiro já colabora com suporte logístico e treinamento, no entanto ainda não atua diretamente em ações conjuntas com a polícia paulista.

1º de novembro de 2018

O plano secreto do PCC para resgatar marcola

O resgate de Marcola do PCC
UOL Notícias → Luís Adorno
→ Organização Criminosa

O senador Major Olímpio protocolou junto ao governo paulista um alerta informando o governador que o Ministério Público e a Polícia Civil teriam informações de uma mega-operação de resgate que ocorreria na P2, a Penitenciária de Presidente Venceslau – que é o QG da facção paulista PCC e onde estão concentradas suas principais lideranças.

Bem, ficam as pergunta que não querem se calar:

  • Será que o governador precisava que o político lhe avisasse?
  • A polícia civil, cujo chefe maior é o governador, ocultou de seu chefe a informação?
  • Se era uma informação sigilosa, o policial militar deveria ter protocolado o pedido que apenas serviu para conseguir pontos junto ao seu eleitorado, detonando o silêncio que os investigadores da Civil e do MP-SP buscavam?

Quanto ao plano em si, é fantástico, com mercenários estrangeiros, helicópteros e fechamento de estradas e ataques aos quarteis da polícia militar. Está tudo descrito na reportagem da UOL/Luís Adorno, mas a única prova apresentada pelo major da polícia militar seria os vídeos feitos por drones do Primeiro Comando da Capital sobre o presídio de Presidente Venceslau. (Uau! Que viajem)

Graças ao promotor de Justiça Lincoln Gakiya, do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado,  esse assunto ganhou atenção nacional, e eu assim como todos aqueles que tratam do assunto ganhamos views.

As forças policias convergiram em peso para a cidade:

A população de Presidente Venceslau (SP) encara o reforço policial enviado à região como uma medida positiva e capaz de oferecer maior sensação de segurança à cidade, distante cerca de 600 quilômetros da capital paulista. “A gente não vê mais os ‘manos ou nóias’, os desocupados, perambulando pelas ruas, agora é só gente que trabalha. Estamos ainda mais protegidos”, disse o comerciante José Roberto do Nascimento, de 60 anos.

30 de outubro de 2018

PCC Eder Rodrigo Firmiano Araraquara

Quatro PCCs trocam tiro com a polícia, só um sobrevive
ACidadeON → Claudio Dias
→ Justiça

O Primeiro Comando da Capital é conhecido por sua ações grandiosas e pelo tráfico de drogas, no entanto um grupo que tem muita moral dentro da hierarquia da facção é o bandido (157). A polícia afirma que Eder Rodrigo Firmiano é um desses caras.

Em 2015 ele junto com mais três comparsas foram surpreendidos durante um assalto com refém em Araraquara – apenas ele sobreviveu a troca de tiros com a polícia. A somatória da condenação ficou em 52 anos no fechado, sendo que só a troca de tiros com a polícia rendeu 24 anos.

26 de outubro de 2018

André Luis da Costa Lopes PCC andrezinho da baixada

Andrezinho da Baixada é beneficiado pela lei eleitoral
O Estado de S. Paulo → José Maria Tomazela
→ Justiça

André Luis da Costa Lopes chegou e saiu da delegacia do Guarujá pela porta da frente. Ele é acusado de ser um dos assassinos de Gegê do Mangue e de Paca e estava com a prisão decretada, mas como ele compareceu para prestar depoimento durante o período eleitoral, não pode ser preso.

Segundo a polícia, a cúpula do PCC já teria ‘perdoado’ André Lopes pelas mortes dos dois líderes. Andrezinho é dono de uma fazenda que vale mais ou menos 1 milhão de reais em Bertioga.

25 de outubro de 2018

Justiça condena integrantes do Tribunal do Crime do PCC

Além da tranca ainda vão pagar 2 milhões
ACidadeON → Claudio Dias
→ Justiça

O sargento da PM foi morto em Araraquara em 2012 por ordem do Tribunal do Crime do PCC, os 10 integrantes da facção que participaram do crime foram condenados à dezenas de anos de prisão cada um, e agora veio a chapoletada final: os presos vão ter que pagar a família da vítima e a sociedade mais de 2 milhões de Reais.

11 de outubro de 2018

Isac da Silva Prado do PCC recapturado

Tanta pressão para nada, saiu e ninguém viu
O Estado de S. Paulo → José Maria Tomazela
→ Sistema Penal

O Paraguai prendeu o PCC Isac da Silva Prado, para não ficar com a bata quente na mão cuidou rapidamente da extradição. Aquele esquema de cinema para transferir o perigosos para o Brasil…

Olha aí quem estava de bobeira no litoral de São Paulo: ele! Como é que saiu? Deus sabe como. Só caiu por acaso, a Polícia Civil estava de olho em um mocó e quando a casa caiu, ele foi de graça.

10 de outubro de 2018

PCC 1533 P2 fuga aeroporto fechado

Aeroporto fechado em Presidente Venceslau
→ Ponte Jornalismo → Josmar Jozino e Maria Teresa Cruz
→ Sistema Prisional

Assustou as autoridades a possibilidade de resgate da alta cúpula do Primeiro Comando da Capital concentrada na P2 de Presidente Venceslau. O juiz colocou as barbas de molho e determinou que o prefeito interditasse com barreiras as pistas por vinte dias.

9 de outubro de 2018 

Família do Norte atacaria o PCC em São Paulo copy


Os garotos do PCC afirmaram que temem o FDN
→ A Tribuna → Eduardo Velozo Fuccia
→ Guerra entre Facções

Lucas Sena da Silva estava com seus irmãos quando foi abordado pela polícia no Parque das Américas na Praia Grande. Com ele foi encontrado uma pistola argentina que, segundo ele, era usada para sua proteção para se garantir contra membros da Família do Norte FDN.

8 de outubro de 2018

PM Juliane dos Santos Duarte


MP-SP afirma: PCC matou a PM Juliane
→ Ponte Jornalismo → Arthur Stabile
→ Organização Criminosa

O Ministério Público concluiu que foram os PCCs Everaldo Severino da Silva Felix, o “Sem Fronteira”; Felipe Oliveira da Silva, vulgo “Tirulipa”; e Elaine Cristina Oliveira Figueiredo, a “Neguinha” os responsáveis pela morte da Policial Militar Juliane dos Santos Duarte. “O motivo foi que a Juliane foi à comunidade armada, isto seria uma afronta aos integrantes da organização criminosa. Obviamente, a comunidade é controlada pela organização”.

10 de agosto de 2018

Influência do PCC por estado


A policial foi morta pelo PCC ou por um PCC?
→ UOL Notícias  → Flávio Costa e Luís Adorno
→ Guerra entre facções

Se o Primeiro Comando da Capital domina uma região reina a paz, mas se o PCC não mete o bico também, mas quer ver sangue é só ir nas regiões onde a facção paulista está em disputa com algum inimigo.

8 de agosto de 2018

Gabriel Feltran entende tudo sobre PCC


Pense em um cara que entende de verdade sobre o PCC
UOL Notícias  → Flávio Costa e Luís Adorno
→ Organização Criminosa
Se pensou no repórter Luís Adorno, não, não é dele que estou falando, é do pesquisador Miguel Feltran, esse cara é o cara, e foi entrevistado por ninguém menos que Luís Adorno, resultado: uma reportagem que não pode deixar de ser lida.

GAECO derruba PCC interior


GAECO derruba células no interior e no litoral
→ ESTADÃO  → José Maria Tomazela
→ Combate à facção

Não é outono, mas tem PCC caindo por todo lado por aqui: Sorocaba, Conchas, Cerquilho, Tietê, Laranjal Paulista e Cesário Lange. Entre os detidos estavam sob o comando de Fabiano Robson dos Santos Freitas, o “Febem” ou “Fênix”, considerado o “sintonia geral” (chefe) da facção na Baixada Santista e Vale do Ribeira.

3 de agosto de 2018

PCC a facção que não para de crescer


Se eu colocasse essa manchete estava preso
Isto É  → Vicente Vilardaga e Fernando Lavieri
→ Organização Criminosa
No dia seguinte que eu postasse um artigo com essa chamada seria levado para prestar depoimento e responder por apologia ao crime, então é melhor lerem a reportagem na fonte (desculpe se me rio: kkkk).

2 de agosto de 2018

O PCC usado pela direita e pela esquerda


Não querem assumir a paternidade do PCC
→ DCM Diário do Centro do Mundo  → Kiko Nogueira
→ Política Eleitoral
O DCM, site que os coxinhas diz estar nas mãos dos petralhas, republica um artigo que acusa o ex-Governador Geraldo Alckmin de ser o responsável pela existência e fortalecimento do Primeiro Comando da Capital. Não vou entrar no mérito, quem quiser que vá lá e leia, mas lembro que nesse mosteiro não existem santos: foi graças ao Regime Militar e aos governos dos estados de linha dura à direita que criaram o ambiente propício para o nascimento do PCC; foi graças aos governos de Lula e Dilma e aos governos dos estados de esquerda que criaram um ambiente jurídico que facilitou a mobilidade e proteção para o crescimento seguro do PCC; foi graças à Alckmin e os governos de centro que permitiram o amadurecimento e a profissionalização do PCC em troca da pacificação; foi graças a eu, você e aqueles que fizeram de conta que não viram ou não se importaram com o que acontecia nas periferias e dentro dos presídios que a coisa chegou onde chegou. DCM e outros canais à direita ou à esquerda apenas “jogam pedra na Geni, jogam b….. na Geni”, como cantava o gênio da música e petralha Chico Buarque.

1º de agosto de 2018

Mais prisões para o fortalecimento da facção
→ UOL Notícias
→ Sistema Carcerário

É isso aí Bolsonaro, força aí, o irmão Canela e a cúpula do PCC apoiam sua proposta de encher os presídios: “O sistema prisional é máquina de fazer PCC”, afirma Filipe Augusto Soares, conhecido como Assassino, durante um diálogo telefônico com um comparsa identificado como Canela. É isso aí irmão Bolsonaro, tâmo junto no fortalecimento. Só agradece. É TD3 passa nada.

Obrigado por deixar seu relato, ele é muito importante para que eu possa corrigir erros e rumos. Só serão mantido os comentários argumentativos ou com conteúdo considerado relevante, seja apoiando ou refutando fatos ou ideias do texto. Se considerar importante alterarei o texto original citando o crédito para o comentarista.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.