Sergipe — PCC 1533 SE

imagem antiga de um arquivista

Levantamento dos grupos, facções e bondes — inimigos, neutros e aliados


Últimas notícias sobre o PCC no Sergipe

27 de maio de 2021

Site Click Notícias afirma que o deputado federal pelo Sergipe, José Valevan de Jesus Santos, estava em uma lista uma lista com com 628 nomes e números de RGs de pessoas que pagavam a mensalidade para o Primeiro Comando da Capital em valores entre 300 à 1.500 Reais.

Investigações apontariam indícios de envolvimento entre o deputado e a facção por usar duas cooperativas de transporte coletivo de Taboão da Serra, em São Paulo, onde ele era vereador na época, para lavar dinheiro. Em meio as denúncias, Noventa afirma em entrevista que “Quem ligou meu nome ao PCC deu um tiro no peito e se matou” e nega qualquer envolvimento com o crime organizado.

10 de dezembro de 2018.

prisão do deputado federal ligado à facção PCC 1533
→ Infonet → Cassia Santana
→ Folha de Folha de S.Paulo → André Caramante {reportagem de 2009}
→ São Paulo – Sergipe
→ Organização Criminosa

A Polícia Federal aponta irregularidades nas contas de campanha do deputado federal eleito José Valdevan de Jesus Santos, o Valdevan 90 do PSC de Sergipe. 

“[É o] primeiro caso de candidato eleito no Brasil, que tem nome vinculado à facção criminosa, que foi preso. Estamos falando do PCC, Primeiro Comando da Capital”.

delegado Antonio José da Silva de Carvalho

Em 2009, segundo reportagem da Folha ele já estaria sendo investigado por suspeita de usar duas cooperativas de transporte coletivo de Taboão no estado de São Paulo para lavar dinheiro para a facção paulista.

10 de maio de 2018

Garoto no chão

Quando a polícia passa a ser o problema
Bruno Paes Manso → G1
Violência Policial

Veja como são as coisas, enquanto em alguns estados o pessoal tem dúvidas se o PCC foi o responsável dela queda dos homicídios, em outros se tem certeza que a polícia é que foi a responsável pelo aumento da violência — não reclamem comigo, quem afirma é a Globo…

A escalada mais impressionante ocorreu no Amapá, estado que ocupa o primeiro lugar no ranking brasileiro. Eram quatro casos de mortes por intervenção em 2013, que se multiplicaram por 16, alcançando 66 ocorrências no ano passado.

Em todas as polícias do mundo, no entanto, essas mortes por intervenção são sinônimo de falta de comando e de treinamento dos policiais para agir de forma inteligente e coordenada.

A polícia do Rio Grande do Norte está entre as que mais matam no Brasil, ficando em terceiro lugar empatado com Sergipe com 4 mortes por 100 mil habitantes.

14 de dezembro de 2017

Bonde do Maluco BDM tem gestão profissional

correio24horas.com.br

Bahia –  Sergipe – Alagoas – Goiás – Organização Criminosa
O império do grupo criminoso baiano, criado dentro do Presídio Salvador há dois anos, é resultado de um esquema de lavagem de dinheiro e investimentos em empresas no ramo de veículos, de acordo com a polícia.

20 de outubro de 2017

Integrante do PCC reage a prisão e morre
infonet.com.br
Sergipe – Alagoas – Paraná- São Paulo – Combate à Facção
Durante a deflagração da “Operação Quarteto” que visava desarticular o PCC no estado, dezesseis mantados de prisão foram emitidos, Flávio Nunes Costa, o Pitbull resistiu e prisão e morreu.