Integrante do Comando Vermelho foge a nado de PCCs

O integrante do Comando Vermelho de Boa Vista em Roraima foi convidado para ir a casa de uma garota, mas ao chegar ele foi rendido por quatro homens e duas mulheres com ligações com o Primeiro Comando da Capital.

Arrastaram para dentro da casa e fizeram um Tribunal do Crime, onde o disciplina condenou o CV a morte. Levaram-no até um lago na região do Anel Viário, nas proximidades do rio Cauamé.

Zoavam o CV antes de matar, ameaçando-o com faca e machado, mas o cara foi ligeiro e conseguiu tirar as amarras, correu para a água, mergulhou, nadou para o outro lado e correu, correu, e só parou na base da polícia.

Os PCCs em vez de sumirem, já que a presa escapou, voltaram para a casa onde renderam o CV. Não prestou. A PM chegou e arrastou os seis para a tranca. — Portal Roraima 1

Autor: Wagner Rizzi

O problema do mundo online, porém, é que aqui, assim como ninguém sabe que você é um cachorro, não dá para sacar se a pessoa do outro lado é do PCC. Na rede, quase nada do que parece, é. Uma senhorinha indefesa pode ser combatente de scammers; seu fã no Facebook pode ser um robô; e, como é o caso da página em questão, um aparente editor de site de facção pode se tratar de Rícard Wagner Rizzi... (site motherboard.vice.com)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: