Integrantes do PCC sequestram esposa de CV

O CV Júlio Grampão de Arapiraca no Alagoas está preso. Integrantes do Primeiro Comando da Capital queriam saber de onde vinha a droga que ele estava vendendo.

Duas companheiras PCC levaram Cida, a mulher dele, para uma mata no Vale do Perucaba e arrebentaram ela por dois dias, depois levaram para uma casa no Cacimbas.

Ela mesmo relata:

 

Cida relatou à Polícia que na terça-feira (15), estava em sua residência na companhia de seu filho, e por volta das 22h30, foi abordada pelos dois envolvidos, acompanhados por outros indivíduos identificados como “Toquinho”, “DJ”, “Luxura”, “Neguinho” e “Bagaceira”, e foi levada para a Matinha da Catita…

 Alguém ficou sabendo e avisou a polícia que a resgatou e prendeu dois que estavam na contenção: Carlos Eduardo Silva e Jussara Matias Silva. — leia a reportagem completa na TVOOPS

Autor: Wagner Rizzi

O problema do mundo online, porém, é que aqui, assim como ninguém sabe que você é um cachorro, não dá para sacar se a pessoa do outro lado é do PCC. Na rede, quase nada do que parece, é. Uma senhorinha indefesa pode ser combatente de scammers; seu fã no Facebook pode ser um robô; e, como é o caso da página em questão, um aparente editor de site de facção pode se tratar de Rícard Wagner Rizzi... (site motherboard.vice.com)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: