Mulher de líder do PCC é presa com 100 quilos de drogas no Tocantins

A esposa de um líder do Primeiro Comando da Capital preso no Maranhão. A policia já tinha a informação que um grande carregamento de drogas chegaria a Araguaína em Tocantins.

Quando confirmaram que seria na Vila Azul, não demoraram encontra a casa. A cunhada e os dois homens que seriam os responsáveis pela distribuição nas biqueiras foram presos com os 100 quilos de maconha e 2 quilos de cocaína. — AF Notícias

Autor: Wagner Rizzi

O problema do mundo online, porém, é que aqui, assim como ninguém sabe que você é um cachorro, não dá para sacar se a pessoa do outro lado é do PCC. Na rede, quase nada do que parece, é. Uma senhorinha indefesa pode ser combatente de scammers; seu fã no Facebook pode ser um robô; e, como é o caso da página em questão, um aparente editor de site de facção pode se tratar de Rícard Wagner Rizzi... (site motherboard.vice.com)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: