Após assumirem suas posições, PCCs do Ceará são presos

Com a prisão de Paulo Diego, o Dino, em São Paulo e Lucas, o Brutus, em Aquiraz, ficaram vagas suas posições dentro do esquema montado pelo Primeiro Comando da Capital em Fortaleza.

Dino, era o responsável pela aquisição das drogas em São Paulo e a distribuição na região fortalense e Brutus das biqueiras na Comunidade do Por do Sol, na Messejana.

Essa semana, diversas ações policiais derrubaram as novas lideranças do PCC do Ceará:

  • Rossi, como é conhecido André Gomes, substituto de Dino caiu em Aquiraz e a contadora do grupo caiu em Boa Vista; e
  • Tuchê, como é conhecido o traficante Alexandre, substituto do seu irmão Brutus caiu no Por do Sol, levando com ele para tranca Bidão e Bruno. — fonte: Angélica Feitosa para O Povo

Autor: Wagner Rizzi

O problema do mundo online, porém, é que aqui, assim como ninguém sabe que você é um cachorro, não dá para sacar se a pessoa do outro lado é do PCC. Na rede, quase nada do que parece, é. Uma senhorinha indefesa pode ser combatente de scammers; seu fã no Facebook pode ser um robô; e, como é o caso da página em questão, um aparente editor de site de facção pode se tratar de Rícard Wagner Rizzi... (site motherboard.vice.com)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: