Arquivo de Notícias — PCC 1533 — Maio de 2020

As principais notícias sobre a facção PCC 1533 Primeiro Comando da Capital no mês de maio de 2020.

29 de maio de 2020

Facção Família do Norte, a inimiga da facção paulista na região norte do país

28 de maio de 2020

As organizações criminosas estão ganhando espaço durante a quarentena.

27 de maio de 2020

Seriam integrantes da facção PCC os homens presos em Misiones na Argentina?

25 de maio de 2020

Arte sobre imagem com Bolsonaro e os militares e um guilhotina
PCC 1533 Voltaire e a pesquisa

O uso de explosivos pelo Primeiro Comando da Capital
→ Rícard Wagner Rizzi – faccaopcc1533primeirocomandodacapital.org
→ Brasil
→ História do PCC — Métodos e costumes

Para entender o porquê de o Código Penal do PCC, a lei real do narcotráfico brasileiro, atrair tanto os garotos da classe média quanto os mais perigosos criminosos sul-americanos, William Henrique Silva e Caio Augusto Souza Lara se propuseram a pesquisar o tema.

É um orgulho para a Família 1533 ver sua ideologia se espalhar: a lei do certo pelo certo, na qual o errado é cobrado. No entanto, nem todos nos lembramos como tudo começou, mas foi mais ou menos assim, como eu, com a ajuda de Lavoisier, vou contar para você… (continua)

21 de maio de 2020

Arte sobre foto do pesquisador Ryan C. Berg com celas de um presídio ao fundo
Ryan C. Berg e a facção PCC 1533

Primeiro Comando da Capital – como surgimento e expanção
→ Rícard Wagner Rizzi – faccaopcc1533primeirocomandodacapital.org
→ Brasil
→ Organização Criminosa — Métodos e costumes

A organização criminosa Primeiro Comando da Capital só terá sua operações transnacionais inibidas se os EUA e o Brasil desenvolverem uma ampla parceria anti-crime para as Américas. Com o governo americano designando a facção PCC como uma organização criminosa transnacional, haverá amparo legal para a extradição dos principais líderes. — conclui o pesquisador americano Ryan C. Berg no estudo Breaking out: Brazil’s First Capital Command and the emerging prison-based threat, publicado pela American Enterprise Institute.

18 de maio de 2020

Montagem da ação da polícia nos atentados do PCC 1533 em 2002
Facção PCC 1533 e o uso de explosivos

O uso de explosivos pelo Primeiro Comando da Capital
→ Rícard Wagner Rizzi – faccaopcc1533primeirocomandodacapital.org
→ Brasil
→ Organização Criminosa — Métodos e costumes

Primeiro Comando da Capital não executa grandes atentados terroristas, ao estilo das organizações criminosas de seu porte no restante do mundo, para não chamar atenção sobre si, atrapalhando os negócios — o fluxo segue suave.

Enquanto as facções aliadas Terceiro Comando Puro (TCP), os Guardiões do Estado (GDE) e o Bonde dos 13 (B13), e as facções inimigas cariocas buscam visibilidade midiática, o PCC procura as sobras fora das muralhas: na sociedade civil e na política.

Em sua origem, o grupo criminosos buscou e conseguiu notoriedade com os violentos ataques contra as forças de segurança pública em 2006, quando pararam São Paulo, no entanto, suas empreitadas terroristas com bombas foram um fiasco.

17 de maio de 2020

Arte sobre foto do interior da prisão de Palmasola na Bolívia
Covid-19 chega a prisão na Bolívia

Contaminação de Covid-19 chega a Prisão de Palmasola
→ Agencia AFP

→ Bolívia
→ Sistema Prisional

A prisão de Palmasola é o destino dos integrantes do Primeiro Comando da Capital na Bolívia. A penitenciária que fica na província de Santa Cruz tem capacidade para 1.700 internos e atualmente está ocupada por 7.000 presos.

A contaminação foi confirmada pelo governo que afirmou que há pelo menos dois mortos pela doença e que enviou uma força tarefa com médicos e sanitaristas para tentar conter a expansão da doença pelo complexo.

Após revolta dos presos, o governo prometeu agilizar a liberação dos presos que já tenham cumprido a pena e daqueles que não foram julgados e que cometeram delitos leves, além de reforçar as medidas de higiene e saúde.

15 de maio de 2020

PCC 1533 pistas de pouso no Paraguai

Paraguai destrói nove pistas de pouso e pede ajuda americana
→ Diálogo – Digital Military Magazine
→ Paraguai
→ Crimes transnacionais — Tráfico de drogas

A importância da participação do governo americano no combate a facção Primeiro Comando da Capital está ficando cada vez mais evidente. O pesquisador Ryan C. Berg chegou a afirmar que o enquadramento da organização criminosa paulista permitiria a extradição de seus líderes para cumprir suas penas em solo americano.

O governo americano já colabora com o Paraguai para combater o narcotráfico e crimes relacionados. Em dezembro de 2019, o presidente paraguaio Mario Abdo Benítez se reuniu com seu colega norte-americano, Donald Trump, na Casa Branca para fortalecer os laços de amizade entre os dois países e assinar acordos para combater o crime organizado.

“É importante mencionar que as atividades de cooperação entre os dois países se concentraram no combate ao crime organizado transnacional, fornecendo assistência humanitária, compartilhando conhecimento por meio de treinamento e promovendo o respeito pelos direitos humanos”, afirmou o Ministério da Defesa do Paraguai em relação à cooperação com os Estados Unidos.

Enquanto isso as forças de segurança paraguaias comemoram a destruição de nove pistas de pouso usadas pelas facções criminosas… das centenas que existem.

13 de maio de 2020

Promotor de Justiça Jorge Díaz e o PCC

O Primeiro Comando da Capital nas prisões uruguaias
→ Radio Monte Carlo

→ Uruguai
→ Sistema Prisional

O promotor de Justiça Jorge Dias destacou a influência de traficantes estrangeiros nas prisões uruguaias que se transformaram, disse ele, em verdadeiras universidades de narcotráfico, e falou sobre sinais de ação do Primeiro Comando da Capital.

8 de maio de 2020

Augusto Peña causou os ataques do PCC ao sequestrar o sobrinho de Marcola?

O sequestro de Rodrigo Olivatto de Morais e os ataques do PCC
→ Josmar Jozino – Ponte Jornalismo
→ São Paulo
→ Atentados de 2006 – História da facção PCC

Um relatório elaborado pela International Humans Rights Clinic, da Universidade de Harvard, em parceria com a Justiça Global concluiu que o sequestro de Rodrigo Olivatto de Morais por Augusto Peña foi um dos estopins para os ataques de maio de 2006, protagonizado pelo PCC. O período ficou conhecido como “Maio Sangrento”. O PCC paralisou São Paulo, matando agentes das forças de segurança nas ruas e se rebelando em ao menos 74 presídios paulistas. Simultaneamente, policiais militares mataram centenas de pessoas no estado, no chamado “Crimes de Maio”

7 de maio de 2020

Irmão Sorriso do PCC perde arsenal antes de ação planejada em Campo Grande

6 de maio de 2020

arte sobre fotos de morto em Tribunal do Crime do PCC
Tribunal do Crime do PCC MS Gleison da Silva Abreu

A execução com requintes de crueldade do jovem foi filmada
→ Kerolin Araújo – Campo Grande News
→ Mato Grosso do Sul
→ Tribunal do Crime – Guerra entre facções

Gleison da Silva Abreu foi morto e seu corpo foi encontrado em um matagal do Jardim Centenário em Campo Grande, característica de execução por decisão do Tribunal do Crime. Agora uma testemunha ligada ao Primeiro Comando da Capital afirma que viu a filmagem da execução, algo comum quando o condenado é integrante de uma facção inimiga. Seria esse o caso?

Betão do era suspeito de fazer parte da equipe de elite da facção PCC 1533
Pasta base e dinheiro sobre a mesa
Caem distribuição e estoque em Cabreúva e Jundiaí com meio quilo de pasta base.
Operação Piromania do GAECO apreende mais um em Campo Grande MS.
Site italiano afirma que governo Bolsonaro fechou acordo com facções e milícias.

5 de maio de 2020

Quem controla os presídios?

Quem controlará o covid-19 nas prisões: o PCC ou o Estado?
→ Steven Dudley – Foreign Affairs
→ Brasil
→ Sistema Carcerário

Nas prisões, o PCC assumiu o papel do Estado, garantindo segurança e serviços críticos aos seus membros. Outras gangues criminosas da região assumiram papéis semelhantes. As gangues MS-13 e 18th Street estão entre os principais fornecedores e protetores de membros de gangues nas prisões guatemaltecas, hondurenhas e salvadorenhas. As organizações criminosas colombianas fornecem os mesmos serviços de linha de suprimento e proteção a seus membros detidos. Até gangues de prisão extremamente predatórias – como as da Venezuela – entendem que seu papel é preencher lacunas quando o estado estiver ausente.

Se os governos latino-americanos não puderem lidar efetivamente com a pandemia em suas prisões, as gangues intervirão para explorar suas falhas. Ao fazer isso, as gangues fortalecerão seu poder dentro e fora dos muros da prisão. Afinal, a quarentena em massa não é uma aberração ou obstáculo às suas operações: já é um modo de vida, tornando-as mais prontas para os efeitos econômicos e sociais do vírus. As gangues, por exemplo, serão as que tentarão conter a propagação do vírus dentro das prisões e as que escolherão quem entre os infectados recebe tratamento e quem não. Quando as linhas de suprimento são cortadas, as quadrilhas decidem quais prisioneiros recebem provisões e quais não. Quando surgem tumultos, as gangues determinam quais prisioneiros estão armados.

Isso não passa nas redes bolsonaristas: STF caça vereador ligado a facção PCC.
Foto de prisão de membros do PCP RO
Em Rondônia cai Tribunal do Crime do Primeiro Comando do Pandinha (PCP)
Companheira de do PCC Pixote da Baixada Santista é presa em Taboão da Serra.
Integrantes do PCC queimando dinheiro
Integrantes da facção PCC Mato Grosso do Sul queimam dinheiro para ostentar.
Mulheres sendo colocadas no camburão
Em operação de combate ao PCC são presas senhora de 76 anos e sua filha.
Não custou tentar… PCC do Tribunal do Crime tenta saidinha do covid-19.

4 de maio de 2020

Fake vincula o ministro do Supremo Alexandre de Moraes a facção PCC 1533.

História para boi dormir — bovinos vinculam PCC ao STF
→ Chico Marés – Agencia Lupa
→ Brasil
→ Política

Só sendo muito burro ou minion para acreditar ou retuitar algo assim, mas como atualmente o gado e a burrama proliferam pelos pastos nacionais, adentrando até pelas regiões da quase extinta selva amazônica, bombou nas redes sociais a imagem de uma faixa em um presídio pedindo Alexandre de Moraes no Supremo Tribunal Federal.

Quem controla os homicídios no Ceará? A polícia ou as facções criminosas?
PCC Jagunço vira série de TV na página do Facebook do delegado Da Cunha.
Crias do 15 foram para caçar e acabaram sendo caçados e presos.
Suposto integrante do PCC do MS, Cabeça de Fogo, ameaçou a mulher e a polícia.

3 de maio de 2020

Marcola como um menino de rua se tornou o líder da facção

Kindle Unlimited disponisa livro sobre o PCC Marcola
→ Carlos Fini — Kindle
→ Brasil
→ História da facção

O livro disponibilizado no Kindle sobre a vida do líder da facção criminosa Primeiro Comando da Capital. O nome que consta como sendo do autor é “Carlos Fini”, que não se dispôs a contar a história do criminoso, e sim compilar dados e apresentá-los.

É uma interessante fonte para quem procura conhecer mais sobre o líder da maior organização criminosa, encontrando os dados organizados cronologicamente.

Desde sua infância Marcola foi introduzido ao crime, começando com pequenos delitos, batendo carteiras e roubando toca-fitas e chegando, atualmente, a carregar a fama de maior criminoso vivo do país, de forma que, aos 51 anos, já passou grande parte de sua vida em presídios. Além disso, Marcos esteve na condição de interno por diversas vezes na FEBEM, atual Fundação Casa.

Como anda em tempos de pandemia as relações entre o PCC e a ‘Ndrangheta
foto de presos em cárcere em El Salvador
El Salvador endurece regras carcerárias para evitar o “Efeito PCC”
Mataram em Ouricuri PE para entrar no PCC e foram presos em Paulistana PI.

2 de maio de 2020

Arte sobre foto da Tríplice Fronteira com o símbolo da facção PCC 1533.
PCC fronteiras fechadas tráfico fluindo

Como chegam as drogas se as fronteiras estão fechadas?
→ Luís Adorno e Alex Tajra — UOL Notícias
→ Brasil —Paraguai
→ Crimes transnacionais — Tráfico de drogas

O fechamento das fronteiras nacionais não desabasteceu as biqueiras da facção PCC, mas o custo dos insumos e o produto acabado ficou mais caro para os distribuidores que repassaram para o varejo.

Diversos fatores estão agindo sobre o preço. Boa parte do abastecimento das regiões consumidoras vinha do Paraguai pelas rodovias, agora tem que atravessar a fronteira por via aérea ou fluvial, mas a dificuldade de importação é compensado parcialmente pela impossibilidade de exportação.

A facção paulista tem diversas rotas para o envio dos entorpecentes para a Europa, onde mantêm parceria com organizações criminosas para a distribuição, no entanto o confinamento da população e a proibição de circulação pelas ruas está impedindo a venda no varejo.

PCC Cachorrão é preso no Paraguai – ele teria matado o jornalista Leo Veras

1º de maio de 2020

Arte sobre foto do PCV Washington Damásio da Silva com a comunidade ao fundo.
PCV Washington Damázio da Silva

A guerra pelo domínio de Vitória e a prisão do sobrinho do líder do PCV
→ Glacieri Carraretto — A Gazeta
→ Espírito Santo
→ Guerra entre facções

Primeiro Comando de Vitória (PCV) está em campanha para conquistar a hegemonia na organização da comunidade criminosa de Vitória. Diversas ações contra grupos autônomos e de facções inimigas tem acontecido.

O PCV Beto, Carlos Alberto Furtado, líder da facção aliada do Primeiro Comando da Capital está preso na Máxima de Viana, e seu sobrinho que cuidava de seus negócios nas ruas foi preso ontem.

Washington Damásio da Silva caiu no bairro da Penha. Em menos de um ano a polícia conseguiu capturar parte da liderança do PCV, no entanto o PCV Marujo, Fernando Moraes Pereira, continua nas ruas e a guerra continua.