Arquivo de Notícias — PCC 1533 — Julho de 2018

Os mais importantes fatos sobre a organização criminosa paulista e seus aliados no mês de Julho de 2018.

30 de julho de 2018

Setor de Embrulho do PCCPrótese é o canal, afirma o PCC.
Folha de S. Paulo
→ São Paulo
→ Sistema Carcerário
Esses garotos estão sempre inovando, Steven Jobs achava que era o bam-bam-bam por fazer gato na companhia telefônica, kkk, bobinho coitado, olha essa agora, o PCC contrata pessoas com prótese para trabalhar na empresa. Duas vantagens: atende a cota legar de deficientes e ainda passa com os celulares pelos aparelhos eletrônicos dos presídios: “Aí vem com a fita 3M em cima, uma camada, lacra com 3M inteirinha, aí depois vem com três carbonos de um lado e três carbonos de outro, no meio do carbono cê joga um pouco de pó de grafite também, entendeu?”

25 de julho de 2018

400 mortes em apenas 6 meses
Folha de S. Paulo  — Rogério Pagnan
→ São Paulo
→ Crime Organizado — Tribunal do Crime
Assassinato PCC
Todas as mortes do Tribunal do Crime do PCC estavam registradas nos celulares de Adriano Hilário dos Santos, o Kaiaque, e Alexandre da Silva Araújo, o Da Sul —  Resumos Finais dos Estados e Países. A polícia chegou a acompanhar algumas mortes ao vivo enquanto fazia o rastreio dos celulares. A reportagem conta um caso em que os responsáveis pela execução deixaram de fotografar o assassinato e tiveram que voltar, desenterrar o justiçado para mandar as imagens para os finais.

24 de julho de 2018

A execução do PCC Galo no Tatuapé


Viveu e morreu como um vida louca
UOL Notícias  — Luís Adorno
→ São Paulo
→ Crime Organizado
Cláudio Roberto Ferreira foi morto a mando da liderança do PCC na guerra pelo domínio do poder dentro da facção paulista. Foram 70 tiros de fuzil no seu carro blindado, virou lata de sardinha amassada. A polícia acredita que ele já sabia que estava jurado e estava se preparando para fugir quando foi morto.

22 de julho de 2018

Conhecer para poder crescer
→ UOL Notícias  — Flávio Costa e Luís Adorno
→ São Paulo
→ Crime Organizado
Conheça o questionário completo


O PCC usa dados colhidos para realizar denúncias de tortura, maus tratos e a falta de condições dos sistema carcerário onde seus membros estão presos —  organizados até atrás das muralhas.
A Família 1533 faz cadastro para avaliar a saúde e o atendimento que está sendo dado aos seus membros.
O governo com os milhões de impostos arrecadados não se preocupam com os seus contribuintes como os presos com o dinheiro arrecadado com as drogas fazem pelos seus colaboradores.
É impressão minha ou tem algo de errado nesse país? Não devia ser o certo pelo certo e quem está no lado certo da vida também tinha que correr pelo certo?

19 de julho de 2018

Baba baby baba —  vida de rei de um líder
→ Folha de São Paulo  — Marha Alves
→ Paraguai
→ Crime Organizado — Combate à facção


Cem mil dólares na mão, carros e casa de luxo, caiu Eduardo Aparecido de Almeida,  ele seria um dos caras que controlavam o fluxo entre Bolívia e Paraguai para o abastecimento dos 26 estados brasileiros via Mato Grosso do Sul. Quem disse que a polícia e o Primeiro Comando da Capital não podiam trabalhar em conjunto? Carlos Alfredo Mendoza, um policial paraguaio caiu na operação assim como criminoso brasileiro Ricardo Moraes Alves.

17 de julho de 2018

Uma boa ideia, só que não!
UOL Notícias  — Luís Adorno
→ São Paulo
→ Sistema Carcerário
Faccao pcc tenta
Nem toda boa ideia tem bons resultados. A garota até que tentou entrar com a mensagem escrita na calça, mas não deu certo não. Foi pega ainda na entrada do CDP de Ribeirão Preto.

Bloqueadores de celular para “inglês ver”
Folha de S. Paulo  — Rogério Pagnan
→ São Paulo — Mato Grosso do Sul
→ Sistema Carcerário — Combate à facção
Presos usam celular em penitenciárias com bloqueador
Agora governador faz cara de coitado e manda abrir investigação para saber o que aconteceu, pera aí, eu vou economizar grana pública e dizer: “Governo faz população de otária, contrata sistema que não funciona pelo preço de TOP do mundo. Pronto, agora pode fechar a investigação para saber como Carlos Henrique dos Santos Costa e Flávio Henrique Breve continuavam a comandar os negócios da Família de dentro das Máximas com bloqueador de celular. Enquanto os ladrões estiverem do lado de fora dos presídios, quem tá dentro faz suas regras.

12 de julho de 2018

PCC e o Complexo da Rocinha
Folha de S. Paulo — Luís Adorno e Flávio Costa
→ Rio de Janeiro
→ Crime Organizado — Guerra entre facções
PCC 1533 fechadão com o Nei da Rocinha
O MP-SP não deixa dúvidas, PCC é Nei da Rocinha: “Hoje mais troca de tiro dentro da Rocinha e o… amigo ajudando o Nem. Esse Nem está com nóis né? Apoiamos o Nem”, afirma Noaby Vinícus da Silva, o irmão Terrorista, quando estava como Sintonia Geral de Goiás, para a Flávia Magalhães Monteiro, para ela passar o salve pelas comunidades cariocas.

9 de julho de 2018

Milícias são o maior problema do Rio
→ Balanço Geral
→ Rio de Janeiro
→ Crime Organizado
Reportagem completa no UOL Notícias


O MP-RJ, o PCC,  o TCP e o CV tem agora um inimigo comum, a milícia. Após a intervenção federal nos Rio, a criminalidade não diminuiu, mudou de mãos, agora são policiais e agentes penitenciários que controlam os pontos de drogas através das milícias. O Comando Vermelho está recuando e se enfraquecendo, mas a promotoria de Justiça e o comandante das Forças Armadas estão preocupados com o problema que agora surge de dentro do Estado.

8 de julho de 2018

Membro do PCC assume morte de agente penitenciário
→ Brazil News Today
→ São Paulo e Paraná
→ Atentado
Reportagem completa no UOL Notícias


O GAECO interceptou uma carta onde o PCC Bandoleiro pede a confirmação da morte do agente penitenciário Alex Belarmino Almeida Silva e pede um advogado aos líderes do PCC no presídio de Presidente Venceslau P2: “Salve pedindo para transmiti até voceis em cima de um pedido de um advogado p/ o caso dele que era muito delicado. A situação dos mesmos foi em cima do Agente que se concluiu com exito essa missão”.

7 de julho de 2018

PCC possui regime disciplinar próprio
→ São Paulo
→ Organização Criminosa
Reportagem completa no UOL Notícias

Dentinho explica como funciona o sistema de Justiça do PCC depois de consultar os livros da facção passa a punição: “Você está sendo excluído do Primeiro Comando da Capital, mas o Comando não vai virar as costas para você e não é para você virar as costas para o Comando, a família não vai trazer problema, mas você não deve trazer problema para a família”.

Pedindo autorização para matar o promotor
→ Últimas Notícias
→ Roraima
→ Atentado e Guerra entre facções
Reportagem completa no UOL Notícias


O Geral da Rua de Roraima, Sergio Souza da Silva, pede ao Geral dos Estados e Países autorização para matar o promotor de Justiça Carlos Paixão de Oliveira: “Localizei promoto do estado. Anda normal na rua já aqui na capital. Quero pega um agente, quero faz dois tabuleiro mas preciso dessa determinação”.

6 de julho de 2018

O RH do PCC e os cursos oferecidos
→ Brasil Urgente
→ São Paulo
→ Combate à facção — Organização Criminosa


A Operação Echelon desvendou o esquema de cadastro do Primeiro Comando antes que as penitenciárias femininas fossem incluídas no sistema. Entre outras coisas, os promotores descobriram que haviam cursos para aperfeiçoamento profissional para os profissionais do mundo do crime, entre eles o de fabricação de bombas e formação de matadores. O departamento do PCC responsável pelo cadastro atuava em 13 estados e contava com mais de cem pessoas atuando na sua manutenção.

5 de julho de 2018

GCMs de Ibiúna formaram uma milícia
→ São Paulo
→ Crime Organizado
Reportagem completa no UOL Notícias
Justiça condena GCMs ligados ao PCC de Ibiuna
Doze Guardas Civis Municipais de Ibiúna foram condenados por formarem uma milícia e atuarem em sintonia com o Primeiro Comando da Capital. Eles caíram depois de uma investigação do GAECO, entre as atividades, os guardas atuavam no tráfico de drogas e extorsão: Daniel Leandro Valêncio, Edivandro de Oliveira Bueno, Reinaldo Melo de Souza, Gilberto Alves Fogaça, Alexandre Cordeiro e Wanderson de Carvalho. A defesa dos GCMs alega inocência: “Eles [guardas] queriam trabalhar e retiraram deles o poder de polícia. O MP armou essa teia para os caras. Eles bateram de frente com uma promotora que, infelizmente, tentou cercear o trabalho deles como guarda municipal e eles foram injustiçados”.

Líderes vão para o RDD em MG
→ Jornal da Alterosa
→ Minas Gerais
→ Combate à facção — Atentados


O Regime Diferenciado não era utilizado no estado, mas os 28 indiciados que seriam os responsáveis pela onda de ataques à ônibus no mês passado vão inaugurar esse tipo de regime prisional. Nele os presos ficarão em celas individuais com restrição de visitas e banho de sol — todos fariam parte da cúpula do PCC e mesmo estando presos foram encontrados com eles 29 aparelhos celulares.

ARQUIVO ANTIGOS DE NOTÍCIAS:

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017